segunda-feira, 11 de abril de 2011

Atuação do Profissional de Eventos

Eventos podem ser realizados por empresas, através de departamento especializado, por empresas de organização de eventos ou por profissionais autônomos. Seja qual for o caso, o profissional de eventos precisa ter competência, profissionalismo, visão estratégica e buscar resultados otimizados.
As atribuições do promotor de eventos são variadas, pois dependem das especificidades de cada evento e das condições existentes para a sua realização. Mas, em geral, este profissional é o responsável pela definição de objetivos, metas, público-alvo, local e data, previsão orçamentária, planejamento da programação, seleção de pessoal, avaliação do evento, entre outras ações.

Enfim, proatividade, dinamismo, criatividade, flexibilidade são palavras-chave para quem deseja atuar com sucesso em planejamento e organização de eventos, além de muita disposição física e mental para colocar a "mão na massa".

domingo, 10 de abril de 2011

Imagem Profissional

O profissional de eventos precisa se relacionar o tempo todo com as pessoas e, por isso mesmo, deve se preocupar com a imagem que transmite. É verdade que imagem não é tudo, mas, sem dúvida, comunica muito. Isto quer dizer que a aparência, expressões facial e corporal compõem uma boa parte da mensagem apresentada por alguém à outra pessoa, principalmente no primeiro encontro. Sabendo disso, passe a investir na sua imagem que, é bom lembrar, nada tem a ver com beleza, raça ou tipo físico, mas sim com a apresentação pessoal. Portanto, tome alguns cuidados no seu dia-a-dia profissional:

  • Expressão Facial - as expressões faciais denunciam quando a gente está com raiva, deprimido, feliz ou exultante. Comece a prestar mais atenção na mensagem que você transmite com tais expressões que, muitas vezes, contradizem o que você está dizendo com palavras.
  • Postura - sua postura e seus gestos mostram aos outros como você se sente, assim como a expressão  facial. Mantenha uma postura ereta, até mesmo na hora de se sentar. Cuidado com os tiques nervosos, como balançar incessantemente a perna, enrolar os cabelos, roer as unhas, pois são gestos que denunciam nervosismo ou falta de confiança
  • Voz - a voz é um fator-chave na imagem. Podemos mudar completamente o sentido do que estamos dizendo dependendo do ritmo e tom da voz
  • Comunicação - de nada adianta estar bem vestido, andar corretamente, se na hora de falar, expor suas ideias ou participar de uma reunião você comete erros de concordância verbal, usa gírias, faz interrupções para contar vantagem, entre outras gafes. Lembre-se que a boa comunicação resulta em boas relações interpessoais. Logo, podemos dizer que desenvolver habilidades de comunicação significa tornar as relações mais saudáveis.

sábado, 9 de abril de 2011

Dicas Profissionais

Algumas dicas para quem deseja trabalhar com eventos:

  • O primeiro passo para que você tenha credibilidade no mercado é abrir uma empresa para regularizar sua situação
  • Tenha algum conhecimento no mercado de publicidade e marketing
  • Tenha boas ideias, esteja sempre antenado, seja ousado
  • O dinamismo deve fazer parte do seu cotidiano
  • Não deixe existir a palavra impossível no seu dicionário. Qualquer projeto pode se transformar num bom negócio
  • Noções de economia vão lhe dajudar a fechar contratos

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Networking

O profissional de eventos precisa ser articulado, antenado e, principalmente, saber se relacionar com diferentes tipos de pessoas. Hoje, estas qualidades são muito importantes no competitivo mercado de trabalho. Neste sentido, criar e manter uma rede de contatos é o passaporte para uma carreira bem sucedida no mundo dos eventos. Para usar o termo adequado, é o networking que vai fazer toda a diferença.

Parece fácil, mas não é, pois networking não é falar com todo mundo, estar sempre sorrindo, ter uma lista enorme de contatos. É muito mais que isso. É ter contatos profissionais, que são diferentes dos amigos pessoais. Os contatos profissionais devem ser capazes de gerar novas oportunidades, parcerias, abrir frentes de trabalho para você e os que fazem parte da sua rede, numa via de mão dupla. Se você ainda não deu a devida importância a isso, comece agora! Veja algumas dicas para construir e manter networking.
  • Compareça aos eventos para os quais foi convidado - agindo assim, você estará prestigiando a pessoa que o convidou e certamente gerará oportunidades de novos convites. Lembre-se do velho ditado: "quem não é visto, não é lembrado"
  • Esteja sempre com o seu cartão de visitas - ele é a expressão visual da sua identidade. Por isso, é importante no momento em que você o entrega a alguém que acabou de conhecer ou a uma pessoa que reencontrou e deseja retomar contato. É como uma senha para que, de posse dele, a pessoa sinta-se à vontade para procurar você posteriormente
  • Cultive a gentileza - pequenas gentilezas, como a lembrança da data do aniversário, um presente de natal, serão notadas e guardadas na memória daqueles que as receberem de você. Não lembre da sua rede de relacionamentos só na hora do sufoco, mantenha sempre contato
  • A posição hierárquica é relativa - tenha sempre em mente que o assistente de hoje pode ser o presidente de uma empresa amanhã. Portanto, trate a todos com delicadeza e não despreze um contato por causa da sua posição hierárquica na empresa.
 Mas tome cuidado: construir uma rede de relacionamentos é bem diferente de um "jogo de interesses". Lembre-se que a ética deve estar sempre presente nos relacionamentos.

Etiqueta

Saber se comportar adequadamente nas mais diferentes situações profissionais e sociais é o que as empresas esperam hoje de seus colaboradores. Como o mercado de trabalho é cada vez mais competitivo, o diferencial não é mais somente a capacitação e a formação acadêmica, mas também as características pessoais, o temperamento, as atitudes do profissional. Espera-se que ele seja diplomata, que tenha humor, auto-controle, espírito de liderança e que, principalmente, siga as regras básicas da boa educação e da ética.
Quem não tem essas qualidades pode adquiri-las através da Etiqueta Corporativa, que compreende um conjunto de normas, cujo objetivo é o harmonioso relacionamento entre as pessoas. Cabe ressaltar que a etiqueta não é mais uma série de regras rígidas de comportamento como antigamente. Adaptada ao século XXI, funciona como um código de comportamento globalizado, à medida que é uma linguagem identificável mesmo entre pessoas de países e culturas diferentes.
Portanto, a etiqueta permite uma comunicação mais fácil, segura e eficiente, pois é sempre baseada em princípios como bom senso, naturalidade e gentileza. Ela é importante em qualquer ambiente, social ou profissional. No social, porque alguém que cultive qualidades como cortesia, atenção e consideração ao outro torna-se muito mais agradável para se conviver.
No plano profissional, o que vai diferenciar dois especialistas da mesma área será justamente a habilidade de transitar com elegância em qualquer ambiente. Leva vantagem aquele que é capaz de se relacionar com as pessoas por dominar diferentes códigos culturais.